Voltar

Informativo Diário

03/11/2021

NA VÉSPERA DO FERIADO, FÍSICO TEM DIA TRAVADO E PREÇOS APENAS NOMINAIS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana travado nas principais praças de negociação do país. Na véspera do feriado nacional do Dia de Finados, os preços físicos da commodity ficaram inalterados e não foram reportados negócios significativos no país. Em Chicago, a oleaginosa oscilou entre os territórios positivo e negativo, fechando praticamente estável. A moeda norte-americana avançou frente ao real, voltando a flertar com os níveis de R$ 5,70 por dólar no melhor momento do dia.

RS: dia de preços nominais em um mercado bastante lento. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de junho/22, indicações de compra entre R$ 166,50 e R$ 167 por saca CIF. No interior do estado, indicações até R$ 170 por saca FOB para embarque e pagamento no final do mês de novembro, também no melhor momento do dia.

PR: pouca movimentação em dia de preços apenas nominais. Para embarque imediato e pagamento no final do mês de novembro, indicações entre R$ 172,50 e R$ 173 por saca CIF na região portuária. Na região oeste do estado, indicações de compra até R$ 167,50 por saca para embarque e pagamento também no final do mês de novembro.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam mistos no grão, em queda no farelo e em alta no óleo na segunda-feira. Nas posições spot, ganhos de 0,08% no grão e de 1,14% no óleo, e perdas de 1,05% no farelo. No melhor momento do dia, o contrato novembro/21 do grão atingiu a máxima de US$ 12,4650 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 12,3675 por bushel. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 5,25 pontos nos principais vencimentos. O vencimento março/22 operava com ganhos de 4 pontos, com negócios a US$ 12,63 por bushel.

• Apesar de sinais positivos sobre a demanda, o mercado foi pressionado por vendas técnicas, com fundos e especuladores preferindo realizar lucros, após os contratos terem registrado a maior alta semanal em dois meses.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 2.272.003 toneladas na semana encerrada no dia 21 de outubro, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 2,075 milhões de toneladas.

• Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 2.565.929 toneladas. Em igual período do ano passado, o total inspecionado fora de 2.390.548 toneladas. No acumulado do ano-safra, iniciado em 1o de setembro, as inspeções somam 10.863.867 toneladas, contra 17.173.444 toneladas no acumulado do ano-safra anterior.

• Os exportadores privados norte-americanos reportaram ao Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) a venda de 132.000 toneladas de soja em grão para a China. A entrega está programada para a temporada 2021/22.


CHINA O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da China subiu para 50,6 pontos em outubro - o maior nível desde junho -, ante 50 pontos em setembro, de acordo com dados divulgados pelo instituto IHS Markit em parceria com o grupo Caixin. O resultado, acima de 50 pontos, sugere expansão da atividade.


CÂMBIO O dólar comercial fechou em R$ 5,6700, com alta de 0,49%. A moeda norteamericana foi pressionada pelas incertezas fiscais - Precatórios -, revisão do Produto Interno Bruto (PIB) e inflação para 2021 - 4,94% ante 4,97% e 9,17% ante 8,96%, respectivamente - e apreensão pela ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), que sai nesta quarta. Para o economista da Nova Futura Investimentos, Matheus Jaconeli, "fatores como a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios contribuem para a alta do dólar. Além disso, as expectativas negativas do mercado foram confirmadas no Focus, principalmente no PIB e inflação". O economista também chama e atenção para a ingerência em estatais (Petrobras) e o apelo a medidas populistas, visando as eleições de 2022.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax