Voltar

Informativo Diário

27/07/2021

SOJA INICIA A SEMANA COM PREÇOS MISTOS E MERCADO SEGUE ARRASTADO

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana calmo nas diferentes praças de negociação do país. Iniciando o pregão no campo negativo em Chicago, a commodity se recuperou e encerrou o dia com ganhos acima dos 11 pontos. Já o câmbio fechou novamente em queda, abaixo do patamar de R$ 5,20 por dólar. Com isso, as cotações no mercado físico oscilaram de forma mista e somente lotes pontuais foram comercializados no país.

RS: dia de cotações nominais em um mercado pouco ofertado. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de setembro/21, indicações de compra entre R$ 168,50 e R$ 169 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 168. No interior do estado, indicações entre R$ 161 e R$ 162 por saca FOB para embarque e pagamento curtos.

PR: mercado calmo e cotações nominais no estado. Para embarque imediato e pagamento em meados de setembro deste ano, indicações de compra entre R$ 169,50 e R$ 170 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicações de compra na faixa de R$ 163,50 por saca para embarque imediato e pagamento em meados de agosto deste ano, porém sem contrapartida de venda.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão e no óleo, e mistos no farelo na segundafeira. Nas posições spot, ganhos de 0,83% no grão e de 1,17% no óleo. O farelo encerrou estável. No melhor momento do dia, o contrato agosto/21 do grão atingiu a máxima de US$ 14,1550 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 14,1275 por bushel.

• Após as perdas recentes e do início do dia, o mercado se recuperou com base em fatores técnicos.

• O número acima do esperado para as inspeções semanais americanas ajudou na reação de hoje. As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 241.897 toneladas na semana encerrada no dia 22 de julho, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 195 mil toneladas.

• O clima segue no centro da atenções e a previsão de condições favoráveis em agosto limitaram a alta. No final do dia, o USDA vai divulgar o relatório sobre a evolução das lavouras americanas e a aposta é de índice de 60% entre boas e excelentes condições.


CHINA A mais recente reunião entre autoridades do alto escalão dos Estados Unidos e da China, realizada ontem e hoje em Tianjing, terminou com críticas de ambos os lados, após um aumento nas tensões nos últimos anos em meio a tarifas comerciais e acusações de violações de direitos humanos. A vice-secretária de Estado norte-americana Wendy Sherman viajou para a China para reuniões com o Conselheiro de Estado e Ministro das Relações Exteriores Wang Yi e outros funcionários do governo do país nos dias 25 e 26 de julho.


CÂMBIO O dólar comercial encerrou a sessão de hoje em queda de 0,67%, cotado a R$ 5,1750 para venda, acompanhando a desvalorização da moeda norteamericana pelo mundo, onde perdeu terreno frente aos países emergentes e produtores de commodities. As ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês), tem colaborado para a entrada de fluxo de capital estrangeiro no Brasil.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax