Voltar

Informativo Diário

04/05/2021

SOJA TEM DIA VOLÁTIL, PREÇOS SEGUEM REGIONALIZADOS E SOMENTE LOTES PONTUAIS FORAM COMERCIALIZADOS

Na segunda-feira, o mercado interno de soja iniciou a semana calmo nas diferentes praças de negociação do país. Com mais uma sessão marcada por fortes variações, os preços físicos da oleaginosa oscilaram de forma mista e poucos lotes foram comercializados. Em Chicago, após novamente testar o patamar de US$ 16,00 por bushel ao longo do pregão, a commodity perdeu força e encerrou no campo negativo. Já o câmbio chegou ao meio-pregão com perdas significativas, mas recuperou e fechou próximo à estabilidade.

RS: cotações oscilando de forma mista no estado e mercado pouco movimentado. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de junho’21, indicações nominais entre R$ 177 e R$ 178 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 177. No interior do estado, comprador indicando entre R$ 175 e R$ 176 por saca FOB para embarque e pagamento curtos.

PR: dia de preços nominais e mercado pouco movimentado. Para embarque e pagamento em meados de julho/21, indicação de compra na faixa de R$ 180 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicação de compra até R$ 173 por saca para embarque e pagamento dentro do mês de maio.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam mistos no grão e no óleo, e em queda no farelo na segundafeira. Nas posições spot, perdas de 0,68% no grão, de 2,30% no farelo e de 0,21% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato maio/21 do grão atingiu a máxima de US$ 16,00 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 15,6025 por bushel. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com perdas de até 10,25 pontos nos principais vencimentos. O vencimento jul/21 operava com perdas de 10,25 pontos, com negócios a US$ 15,24 por bushel.

• As primeiras posições recuaram, pressionadas pelo fraco desempenho das inspeções de exportação dos Estados Unidos e por um movimento de realização de lucros.

• Os contratos mais distantes se sustentaram acompanhando o óleo de soja e refletindo o cenário fundamental altista, combinando estoques apertados e boa demanda.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 143.418 toneladas na semana encerrada no dia 22 de abril, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 225 mil toneladas. Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 284.074 toneladas.

• O mercado aguarda agora os dados de evolução do plantio nos Estados Unidos, que serão divulgados pelo USDA às 17hs.


ARGENTINA A Argentina realiza a distribuição de 650.400 doses do componente 1 da vacina Sputnik V e supera a marca de 10 milhões de vacinas distribuídas em todas as jurisdições do país para enfrentar a segunda onda de coronavírus. De acordo com os critérios de distribuição estabelecidos pelo Ministério da Saúde da Nação, com base na densidade demográfica, os distritos que mais recebem vacinas são a província de Buenos Aires, a Cidade Autônoma de Buenos Aires, Santa Fé e Córdoba. Na semana passada, o país recebeu quase 2,8 milhões de doses em cinco voos. Os quatro primeiros - três da bandeira nacional e um da alemã Lufthansa -, de Pequim, chegaram com 2 milhões de vacinas Sinopharm e o vôo restante chegou com mais de 760 mil das doses do componente 1 do Sputnik V.


CÂMBIO O dólar comercial encerrou a primeira sessão de maio com queda de 0,18%, cotado a R$ 5,4190 para venda. No mês passado, a moeda norte-americana recuou 3,5%. Mas o que influenciou no pregão de hoje foram dados mais fracos do que o esperado sobre a economia dos Estados Unidos. A fala do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, no período da tarde fez o dólar perder força que queda, chegando a apontar ligeiro viés de alta.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax