Voltar

Informativo Diário

23/04/2021

COM MAIS DE 2% DE ALTA EM CHICAGO, PREÇOS INTERNOS DISPARAM, MAS POUCOS NEGÓCIOS SÃO REPORTADOS NO PAÍS

Na quinta-feira, o mercado interno de soja continuou lento nas diversas praças de negociação do país. No retorno do feriado nacional do Dia de Tiradentes, a oleaginosa teve uma sessão de preços significativamente mais altos, porém um ritmo moderado de negócios. Em Chicago, a commodity enfileirou o oitavo pregão consecutivo de ganhos, chegando a se aproximar do patamar de US$ 15,50 por bushel ao longo do dia. Já o câmbio recuou firmemente e encerrou perto da mínima do dia, limitando parte dos ganhos da CBOT. Segundo rumores, pelo menos 50 mil toneladas de soja trocaram de mãos no país.

RS: dia de alta nos preços e negócios moderados reportados. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de maio/junho’21, indicações nominais entre R$ 184 e R$ 185 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 183. No interior do estado, comprador indicando entre R$ 177 e R$ 178 por saca FOB para embarque e pagamento curtos.

PR: mercado calmo e cotações avançando no estado. Para embarque e pagamento em meados de julho/21, indicação de compra na faixa de R$ 185 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicação de compra até R$ 177 por saca para embarque no mês de abril e pagamento no final de maio.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo na quinta-feira. Nas posições spot, ganhos de 2,40% no grão, de 2,35% no farelo e de 3,87% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato maio/21 do grão atingiu a máxima de US$ 15,43 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 15,3325 por bushel. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 39,25 pontos nos principais vencimentos. O vencimento jul/21 operava com ganhos de 38,25 pontos, com negócios a US$ 15,1775 por bushel.

• Em meio às preocupações com o clima de baixas temperaturas no Meio Oeste americano no início do plantio, o mercado enfileira oito sessões de alta, acumulando valorização de cerca de 10% neste período.

• A posição julho, a mais negociada, atingiu o maior patamar em sete anos e fechou perto das máximas do dia. O movimento de ganhos foi acentuado na parte da tarde com a intensificação da presença de fundos e especuladores na ponta compradora. • Além da preocupação com o clima nos Estados Unidos, o quadro fundamental tem sido essencial para esta sustentação, combinando boa demanda e estoques globais apertados.

• As exportações líquidas norte-americanas de soja, referentes à temporada 2020/21, com início em 1 de setembro, ficaram em 64.300 toneladas na semana encerrada em 15 de abril. Representa um recuo de 29% frente à semana anterior e uma alta de 25% sobre a média das últimas quatro semanas. O Japão liderou as importações, com 58.200 toneladas. • Para 2021/22, foram mais 315.300 toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 200 mil e 600 mil toneladas, somando-se as duas temporadas.


CHINA O presidente chinês, Xi Jinping, pediu que os países trabalhem juntos no combate às mudanças climáticas, mas que as nações mais desenvolvidas tivessem metas mais ambiciosas para combater o efeito estufa, em seu discurso na abertura da cúpula virtual do clima hospedada pela Casa Branca. Ele também prometeu limitar os aumentos de consumo de carvão nos próximos anos. "Devemos estar comprometidos com o multilateralismo", disse Xi. "E também precisamos estar focados nas responsabilidades comuns de todas as nações, mas que devem ser lidadas de forma diferenciada".


CÂMBIO No vermelho desde a primeira hora de negócios, o dólar comercial acabou encerrando a sessão em queda, no sétimo recuo consecutivo ante o real. A moeda norte-americana acelerou as perdas no meio da tarde descolando-se do exterior, em movimento técnico local de desmonte de posições defensivas com o mercado doméstico à espera da sanção do Orçamento de 2021 pelo presidente Jair Bolsonaro. Ao final do dia, o dólar comercial caiu 1,65%, cotado a R$ 5,4550 para venda.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax