Voltar

Informativo Diário

02/06/2021

APESAR DA FIRME ALTA EM CHICAGO, DÓLAR ATINGE MENOR PATAMAR EM MAIS DE SEIS MESES E MERCADO PERMANECE LENTO NO PAÍS

Na terça-feira, o mercado interno de soja permaneceu lento nas principais praças de negociação do país. No retorno do feriado nacional norte-americano do Memorial Day, a commodity iniciou o pregão com ganhos acima dos 28 pontos em Chicago. Porém, a moeda norte-americana segue sua tendência de queda, perde mais um importante suporte e atinge o menor patamar desde meados de dezembro do ano passado. No melhor momento do dia, durante os picos na CBOT, os preços subiam significativamente e lotes pontuais foram comercializados, mas na parte da tarde o mercado cedeu e os agentes se afastaram das negociações.

RS: mercado pouco ofertado e cotações nominais no estado. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de julho/21, indicações de compra entre R$ 174 e R$ 175 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 173. No interior do estado, comprador indicando entre R$ 169 e R$ 170 por saca FOB para embarque e pagamento curtos.

PR: preços oscilando de forma mista em um mercado pouco movimentado. Para embarque e pagamento em meados de julho/21, indicações nominais de compra entre R$ 174 e R$ 175 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicações nominais de compra na faixa de R$ 168,50 por saca para embarque e pagamento em meados de junho deste ano, porém sem lotes significativos comercializados.


CHICAGO (CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo na terça-feira. Nas posições spot, ganhos de 1,17% no grão, de 0,80% no farelo e de 2,43% no óleo. No melhor momento do dia, o contrato julho/21 do grão atingiu a máxima de US$ 15,7850 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 15,4850 por bushel. Por volta das 14h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 21,5 pontos nos principais vencimentos. O vencimento agosto/21 operava com ganhos de 15,25 pontos, com negócios a US$ 14,9725 por bushel.

• Após o feriado de ontem, o mercado retomou os negócios com bons ganhos, acompanhando o desempenho positivo do trigo e do milho, que tiveram valorizações mais expressivas, entre 4% e 6%.

• A preocupação com a falta de chuvas e com as temperaturas elevadas nos próximos dias no Meio Oeste dos Estados Unidos sustentou as cotações. A forte alta do petróleo e a queda do dólar frente a outras moedas ajudaram a assegurar a elevação.

• As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 192.221 toneladas na semana encerrada no dia 27 de maio, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). O mercado esperava o número em 245 mil toneladas. Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 222.107 toneladas.

• No final da tarde, o USDA vai indicar a evolução do plantio nos Estados Unidos até o dia 30 de maio. O mercado espera uma área plantada em 87%, contra 75% da semana anterior.


CHINA O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da China subiu para 52,0 pontos em maio, após registrar 51,9 pontos em abril, de acordo com dados divulgados pelo instituto IHS Markit em parceria com o grupo de mídia Caixin. Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. Esse foi o nível mais alto do indicador no ano até o momento, afirma o relatório.


CÂMBIO A impressão deixada pela divulgação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no primeiro trimestre de que a economia caminha de vento em popa, atraiu investidores estrangeiros ao Brasil, fazendo com que o dólar comercial recuasse 1,47% a R$ 5,1460, na menor cotação registra neste ano, ou seja, voltando ao patamar de 2020. A economista-chefe da Veedha Investimentos, Camila Abdelmalack, destaca que o resultado do PIB, com crescimentos de 1,2% na comparação com o quarto trimestre do ano passado e de 1,0% no confronto anual, reforçou a leitura mais otimista que vinha ganhando espaço nas últimas semanas em relação à atividade econômica.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax