Voltar

Informativo Diário

15/07/2021

REFERENCIAIS SEGUEM EM SENTIDOS OPOSTOS, PREÇOS CONTINUAM FIRMES NO FÍSICO, MAS COMERCIALIZAÇÃO PERMANECE ARRASTADA NO PAÍS

Na quarta-feira, o mercado interno de soja continuou pouco movimentado nas diversas praças de negociação do país. Diante da sexta alta consecutiva em Chicago, a commodity encerrou com ganhos acima dos 29 pontos, ultrapassando a linha ao redor de US$ 14,50 por bushel. Já no sentido oposto, a moeda norte-americana ensaia uma nova reversão de tendência, fechando com queda acentuada e podendo buscar o importante suporte ao redor de R$ 5,00 por dólar. Diante desses fatores, a ponta vendedora permanece retraída à espera de melhores oportunidades e somente lotes pontuais seguem sendo reportados no país.

RS: dia de alta nos preços e negócios moderados reportados. Na região portuária do estado, para embarque e pagamento em meados de agosto/21, indicações nominais de compra entre R$ 171,50 e R$ 172 por saca CIF, enquanto no spot a indicação fica em R$ 171. No interior do estado, indicações entre R$ 164 e R$ 165 por saca FOB para embarque e pagamento curtos.

PR: mercado calmo e cotações firmes no estado. Para embarque imediato e pagamento em meados de agosto deste ano, indicações de compra entre R$ 171 e R$ 172 por saca CIF na região portuária. Na região oeste, indicações de compra na faixa de R$ 164,50 por saca para embarque imediato e pagamento em meados de agosto deste ano, porém sem contrapartida de vendas.


CHICAGO(CME/CBOT) Na Chicago Board of Trade (CME/CBOT), os contratos futuros do complexo soja fecharam em alta no grão, no farelo e no óleo na quarta-feira. Nas posições spot, ganhos de 2,06% no grão e de 3,23% no farelo. O óleo encerrou estável. No melhor momento do dia, o contrato agosto/21 do grão atingiu a máxima de US$ 14,5825 por bushel. Ao final da sessão, trocou de mãos a US$ 14,53 por bushel. Por volta das 13h (Brasília), a soja operava com ganhos de até 29,75 pontos nos principais vencimentos. O vencimento agosto/21 operava com ganhos de 29,75 pontos, com negócios a US$ 14,4450 por bushel.

• A previsão de clima seco no Meio Oeste dos Estados Unidos fez os preços encerrarem perto das máximas do dia.

• Os boletins meteorológicos indicam temperaturas elevadas e chuvas abaixo do normal nos Estados Unidos no médio prazo. Estas condições podem comprometer o desenvolvimento das lavouras e o potencial produtivo da safra americana.

• Para amanhã, o mercado aguarda a divulgação de dois relatórios. Pela manhã, os dados de vendas líquidas semanais do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). A aposta dos agentes é de número entre 200 mil e 750 mil toneladas.

• No início da tarde, a Associação Norte-americana de Processadores de Óleos Vegetais (NOPA) vai divulgar o esmagamento de soja nos Estados Unidos em junho. O mercado projeta número de 159,5 milhões de bushels. Em maio, foram esmagados 163,52 milhões de bushels. Representa uma queda de 4,7% frente a junho do ano passado.


CHINA O governo dos Estados Unidos enviará a subsecretária de Estado Wendy Sherman à China na próxima semana como o primeiro passo na preparação da cúpula entre os líderes dos dois países, reportou o "South China Morning Post". As informações são da agência de notícias "Sputnik". Sherman se encontrará com seu par chinês Xie Feng na cidade de Tianjin, para discutir a possibilidade de um diálogo entre o secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, e o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, o que seria um passo importante na preparação do encontro entre o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o presidente da China, Xi Jinping.


CÂMBIO O dólar comercial encerrou a sessão em queda de 1,87%, cotado a R$ 5,0840 para venda. A moeda norte-americana foi fortemente influenciada pelos dados de inflação nos Estados Unidos. As ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) no brasil ajudam para a queda com uma entrada da divisa no país.


Fonte: CMA Group - Safras & Mercado.





Rod. BR 373 - km 400 | Candói - PR | Brasil - CEP: 85.140-000
© 2021 | Todos os Direitos Reservados. Ultramax